Ordenar por:

Notícias

Durante a divulgação de resultados anuais, o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, disse que “Se o BB fosse privatizado, seria mais eficiente e todos ganhariam”. Mesmo com o discurso privatizante característico do governo de Jair Bolsonaro, o executivo afirmou, porém, que vender o banco não está nos planos próximos do presidente da república. Segundo informações do Estado de S. Paulo, para Novaes os ativos do banco que deverão ser vendidos são os que não dependem da rede bancária para obtenção de resultados. “Espero que um dia se chegue à conclusão de privatizar o banco e que o país um dia esteja preparado para isso.”Paralelamente, o BB estuda vender sua participação nas instituições financeiras Banco Votorantim e o Banco Patagônia. De acordo com informações do Diário da Indústria e Comércio, a nova gestão do banco tem como intuito maximizar o valor aos acionistas, crédito mais voltado ao varejo e ênfase dos clientes corporate no mercado de capitais. O foco seria fazer a abertura de capital ou identificar parceiros estratégicos para as áreas de gestão de recursos e de banco de investimento. Para avaliação do Banco Votorantim, será contratada uma assessoria para auxiliar o processo e, segundo Novaes, o BB não venderá ativos a qualquer preço. O banco registrou lucro líquido de R$ 13,5 bilhões em 2018, alta de 22,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

15/02/2019 15h59

O relatório de projeções da BP demonstra que a demanda global por energia renovável crescerá em um ritmo sem precedentes. A China deve permanecer como a maior consumidora de energia do mundo até cerca 2040, mesmo que seu crescimento energético desacelere assim como sua economia, e ela seja ultrapassada pela Índia, segundo as prospecções. O estudo, repercutido pela Folha de S. Paulo, ainda aponta que as energias renováveis serão a fonte de energia cujo crescimento será mais veloz, com ganho anual de 7,1%, representando metade do crescimento energético global. Sua participação em energia primária é vista crescendo de 4% hoje para cerca de 15% em 2040.Fazem parte do pacote de energias limpas as eólicas e à combustível fóssil menos poluente, como o gás natural, que representarão 85% do crescimento na demanda energética. Segundo dados da Coluna do Broadcast, do Estado de S. Paulo, o Brasil apresenta, atualmente, o maior potencial energético do mundo em biogás, com 84,6 bilhões de normal metro cúbico por ano. Esse valor é dividido entre saneamento (7%), resíduos sucroenergéticos (48%) e resíduos agroindustriais (45%). Esse potencial tem capacidade de suprir quase 40% da demanda nacional de energia elétrica ou substituir 70% do consumo de brasileiro de diesel. O potencial brasileiro deve ser mostrado internacionalmente pela Associação Brasileira de Biogás e de Biometano (ABiogás) no High-Level Workshop sobre Biogás, organizado pela Agência Internacional de Energia (EIA), que acontece na terça, 19, na França.

15/02/2019 15h43

O Presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, através de sua conta no Twitter, que a Secretaria de Portos irá arrendar 10 áreas portuárias, participantes do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), ainda no primeiro semestre de 2019. Segundo o presidente, as concessões de 4 das 10 áreas serão feitas em 22 de março, data marcada para o leilão, assim como informado no edital publicado no final de 2018. Segundo informações do Portos e Navios, duas das dez áreas que serão arrendadas são terminais localizados no porto de Cabedelo (PB), e uma delas fica em Vitória (ES). Os quatro terminais devem atrair cerca de R$ 200 milhões em investimentos, de acordo com a estimativa feita no final do ano passado.

15/02/2019 15h25

Um laudo produzido pela consultoria Galeazzi e Associados afirma que a viabilidade econômica da operação da Avianca Brasil depende da venda de uma parte do seu negócio e de um aporte de US$ 75 milhões vindo de fundos de investimento. Segundo informações obtidas pelo jornal Valor Econômico, a empresa, que passa por um processo de recuperação judicial, teria de vender 14 das 50 aeronaves que mantém e reajustar a malha de voos para reduzir custos e conseguir pagar seus credores.

15/02/2019 15h05

Em entrevista ao canal à cabo Globo News, o  presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que pretende reduzir para 50% a participação da estatal no mercado de refino brasileiro. A companhia estuda vender até 100% de participação em algumas refinarias.

15/02/2019 14h50

Um levantamento da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) mostra que os ativos de fundos de pensão ultrapassaram a marca de R$ 900 bilhões pela primeira vez. Segundo o estudo, esses bens passaram a representar 13,4% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

15/02/2019 13h08

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.