Ordenar por:

Notícias

O diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Décio Oddone, sinalizou que a reguladora deve se concentrar em medidas para promover a abertura do mercado de gás natural e abastecimento de combustíveis. Ao participar do seminário Futuro da Matriz Veicular no Brasil, promovido pela ANP no Rio de Janeiro, Oddone afirmou que as normas atuais são restritivas e a agência se esforçará para ANP no avanço do marco regulatório dos segmentos de abastecimento de derivados do petróleo. “É preciso ter, efetivamente, um ambiente regulatório diversificado. E isso passa por termos empresas operando em campos maduras, em águas rasas e em terra. E ter também ter um mercado de gás natural mais aberto e competitivo”, afirmou.

21/02/2019 16h33

Em entrevista ao canal à cabo Globo News, o  presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que pretende reduzir para 50% a participação da estatal no mercado de refino brasileiro. A companhia estuda vender até 100% de participação em algumas refinarias.

15/02/2019 14h50

O levantamento da consultoria KPMG mostra um recorde nas operações de M&A no setor de óleo e gás no Brasil durante 2018. De acordo com informações do Valor, que repercutiu o estudo, foram realizadas 46 transações no ano passado, um aumento de 64% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse é, até o momento, o maior nível registrado na indústria petrolífera desde o início da série da KPMG, em 1998.  A consultoria atribui o resultado, principalmente, aos recentes leilões de áreas exploratórias e à “grande movimentação doméstica” que aconteceu no Brasil neste intervalo. “O mercado espera que esse ritmo seja mantido nos próximos anos com a previsibilidade da agenda de licitações”, diz a KPMG. Cerca de 30 operações, mais da metade das que foram concretizadas no ano, envolveram estrangeiros adquirindo, de brasileiros, uma empresa estabelecida no Brasil. Outras 13 transações foram domésticas e duas trataram-se de uma empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil. Em janeiro, uma pesquisa da DNV GL mostrou que  em nenhum outro país a confiança do setor é tão expressiva quanto a no mercado brasileiro, hoje. O índice de confiança no Brasil saltou de 78% em 2018 para 93% em 2019, enquanto  a média global cresceu de 63% para 76%. 

12/02/2019 17h31

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco afirmou que “Não existe nada inegociável” no tocante à privatização da companhia. Seriam mantidos apenas os ativos relacionados às suas principais atividades, que são prospectar e explorar petróleo. Em entrevista ao Valor, Castello Branco disse que o plano de vendas criado pela gestão anterior e ainda usado pela companhia é “muito tímido”. Nele está previsto a alienação de até 60% da área de refino de dois polos - no Nordeste e no Sul entre outros ativos. O executivo espera definir, até junho, o futuro da estatal em refino e na distribuição de combustíveis, segmento no qual lidera com a subsidiária BR Distribuidora, cuja venda segue em avaliação. Também é avaliada a venda de toda a participação da petrolífera na Braskem, cujo controle acionário é compartilhado com o grupo Odebrecht. Para o acordo ser fechado com a holandesa LyondellBasell falta apenas um consenso pelo preço.  "Não interessa manter uma participação pequena. É zero ou cem", afirmou Castello Branco.

07/02/2019 16h59

A Petrobras fechou um acordo com a norte-americana Chevron para vender a polêmica refinaria de Pasadena, no Estados Unidos, por US$ 562 milhões. O negócio contempla adquirir a totalidade das ações detidas pela Petrobras America, subsidiária da estatal nos EUA, nas empresas Pasadena Refining System Inc. (PRSI), responsável pelo processamento de petróleo e produção de derivados, e PRSI Trading LLC (PRST), que atua como braço comercial exclusivo da PRSI.

31/01/2019 17h32

A Petrobras deve concluir os processos de negociações para vender a refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, para a Chevron. Os termos do acordo devem ser apreciados pelo conselho administrativo da empresa ainda nesta quarta-feira (30). O aval dos conselheiros abre caminho para a assinatura dos documentos definitivos para a venda.

30/01/2019 16h02

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco afirmou, durante uma reunião com analistas do mercado financeiro, que a estatal vai retomar a proposta de vender sua fatia na Braskem. A ideia havia sido proposta na gestão de Pedro Parente mas não seguiu adiante pois foi decido, durante a passagem de Ivan Monteiro, que ela seria “reavaliada” devido à possibilidade de parceria com a gigante global LyondellBasell, que negocia a fatia da Odebrecht na companhia.

29/01/2019 14h03

Com chegada de novos dirigentes à cúpula da Petrobras, atores do mercado de óleo e gás esperam que o plano de desinvestimentos da estatal seja revisto. Segundo o jornal Valor Econômico, a expectativa é de que a venda de ativos aconteça de forma mais rápida, com destaque para a possível alienação de refinarias da petrolífera.

14/01/2019 16h47

A Petrobras detém 98% da capacidade de refino no Brasil, o que é, na opinião do novo presidente da companhia, Roberto Castello Branco, “inconcebível”. A fala foi feita durante um vídeo distribuído internamente na companhia, ao qual a agência de notícias Reuters teve acesso. O presidente cita o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) como argumento para sua linha de raciocínio acerca de um monopólio “inadmissível” em sociedades livres.  "Não é concebível que uma única companhia tenha 98% da capacidade de refino, seja ela qual for, em um país. E nós estamos sendo alvo de ações do Cade”, afirmou Castello Branco.

09/01/2019 16h54

A Petrobras suspendeu a publicação de novos projetos de desinvestimentos em exploração e produção (E&P) de petróleo. A decisão foi tomada depois de o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), proferir uma liminar barrando o decreto que define regras de governança para cessão de direitos no setor. Enquanto a medida afeta diretamente os planos de venda de ativos a estatal, a Petrobras anunciou a formação de uma joint venture com a francesa Total para desenvolver projetos de energia solar e eólica onshore no Brasil.

21/12/2018 15h38

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.