Ordenar por:

Notícias

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) julga na quarta-feira, dia 17, o auto de infração envolvendo a venda da Mantecorp para a Hypermarcas. O laboratório foi comprado em 2010, por R$ 2,5 bilhões. A transação, estruturada para fins de sucessão familiar, envolveu dinheiro e ações e foi feita por meio de fundos abertos de investimento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

16/10/2018 10h58

Uma planta poderosa, capaz de reduzir drasticamente convulsões em pacientes epiléticos, melhorar o apetite e ansiedade dos clinicamente depressivos e combater dores crônicas de reumatismos e doenças associadas às juntas, e também de movimentar negócios bilionários, mercados e ações, gerando empregos e lucros. A cannabis sativa, para além do mercado (ainda ilegal em muitos países) de seu uso recreativo, tem atraído cada vez mais investidores, que estão empenhando capital no crescente mercado de produtos à base de canabidiol, um dos princípios ativos da maconha e de uma planta da mesma família, o cânhamo. Esse princípio ativo, mais conhecido como CBD, é utilizado em diferentes preparos terapêuticos, como óleos analgésicos para reumatismos, por exemplo.

17/09/2018 06h00

A farmacêutica japonesa Takeda disse nesta sexta-feira (14) que recebeu aval do órgão regulador de mercado da China para comprar a biofarmacêutica irlandesa Shire, o que representa mais um passo importante no processo. As informações são da agência de notícias Reuters. 

14/09/2018 12h51

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) determinou que a SM Empreendimentos Farmacêuticos submeta a aquisição da All Chemistry do Brasil à análise da autarquia em até 30 dias. A operação foi anunciada ao mercado em outubro de 2017, mas não foi previamente notificada à autoridade concorrencial, que soube do caso por meio de denúncia.

05/09/2018 18h19

A rede de farmácias Drogaria Mais Econômica acusa a BR Pharma, sua antiga controladora, de ter fraudado demonstrações contábeis para esconder seu verdadeiro passivo trabalhista. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a empresa protocolou um pedido no processo de recuperação judicial da BR Pharma para que débitos não inclusos no plano sejam reconhecidos.

16/05/2018 11h34

Após quatro tentativas frustradas, a japonesa Takeda Pharmaceutical conseguiu finalmente emplacar sua oferta para comprar a biofarmacêutica irlandesa Shire por 46 bilhões de libras (US$ 62 bilhões) nesta terça-feira (8). O valor deverá ser pago em dinheiro e ações. O acordo depende da aprovação dos acionistas de ambas as empresas.

08/05/2018 12h21

Avaliada atualmente em US$ 33 bilhões, a japonesa Takeda Pharmaceutical não desiste de comprar uma empresa duas vezes maior que seu valor. Em sua quinta tentativa para adquirir a biofarmacêutica irlandesa Shire, a companhia de fármacos recebeu uma resposta positiva da empresa. 

27/04/2018 17h27

A Itaúsa, holding que controla o banco Itaú, vendeu o controle da Elekeiroz para o fundo de investimentos Kilimanjaro em uma operação que prevê a realização de uma oferta pública de aquisição (OPA) obrigatória e parte do pagamento atrelado a resultados (earn-out). A transação se trata da venda de 96,5% do capital social da EleKeiroz pelo valor base de R$ 28,9 milhões. As cifras são resultantes do valor atribuído à empresa alto (enterprise value) de R$ 160 milhões menos seu endividamento líquido, calculado em R$ 130 milhões.

27/04/2018 16h46

Com uma dívida bruta superior a R$ 1,3 bilhão, o plano de recuperação judicial do grupo Brasil Pharma prevê a venda de uma série de ativos para que a companhia pague credores e se concentre apenas na rede de franquias Farmais. Divulgado ao mercado nesta quarta-feira (11), o documento estipula a criação de unidades de produção independentes (UPIs) para a alienação de pontos comerciais e lojas das redes Big Ben e Santana.

11/04/2018 17h17

De acordo com a 2ª edição do Anuário Estatístico do Mercado Farmacêutico 2016, elaborado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), a indústria farmacêutica atingiu um faturamento total de R$ 63,5 bilhões no Brasil em 2016. O documento, lançado em 14 de dezembro do ano passado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aponta que entre as 20 empresas com maior faturamento em 2016, oito são brasileiras, sendo duas do governo – Fundação Oswaldo Cruz e Instituto Butantan.

06/03/2018 17h08

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.