Ordenar por:

Notícias

O ministro da Justiça, Sergio Moro, e o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Barreto se reuniram na segunda-feira (14) para discutir a estrutura do órgão antitruste. O encontro acontece diante da necessidade de o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicar quatro nomes para o conselho da autarquia ao longo de 2019.

15/01/2019 13h56

O Cade – Balanço concorrencial é um relatório mensal que traz os atos de concentração ordinários e os destaques em atos de concentração sumários analisados pelo órgão concorrencial no período.

09/01/2019 11h39

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou o Projeto de Lei do Senado nº 283/2016, que torna a reparação de danos causados pelos cartéis mais fáceis de serem executadas pela própria iniciativa privada. Ele altera Lei nº 12.529 que estrutura o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e tem como principal objetivo fortalecer a concorrência.

13/12/2018 12h49

O Cade – Balanço concorrencial é um relatório mensal que traz os atos de concentração ordinários e os destaques em atos de concentração sumários analisados pelo órgão concorrencial no período.

04/12/2018 17h27

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve firmar pelo menos 80 acordos com empresas envolvidas em processos que investigam a formação de cartéis relacionados à operação Lava Jato, assim como abrir 10 novas investigações. Na semana passada, o órgão fechou 16 termos de compromisso em que as principais construtoras investigadas pela Polícia Federal pagaram R$ 900 milhões. As envolvidas se comprometeram a colaborar com as investigações e podem elevar para R$ 1,2 bilhão o valor pago até agora. As informações são da coluna do Broadcast, do jornal O Estado de S. Paulo.

28/11/2018 17h56

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai passar por importantes mudanças em 2019. O presidente eleito Jair Bolsonaro deve indicar, logo em seu primeiro ano de mandato, quatro dos seis conselheiros da autarquia, que vão deixar os postos entre julho e outubro. Os mandatos do superintendente-geral e do procurador-chefe também terminam em outubro, mas ambos podem ser reconduzidos aos cargos e ter mais dois anos de atuação. Caso não sejam reconduzidos, o número de indicações do Bolsonaro salta para seis, renovando grande parte da autarquia.

28/11/2018 06h00

Com a eleição de Jair Bolsonaro, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve contar com quatro novos conselheiros. A tendência é que a autarquia seja mais liberal em fusões e aquisições e mais rigorosos na punição de cartéis. As informações são do Diário do Comércio e Indústria (DCI).

23/11/2018 15h16

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.