Assine
Ordenar por:

Notícias

Leia abaixo os destaques dos fatos relevantes emitidos pelas companhias abertas nesta semana, sob a ótica do direito societário:

18/05/2018 16h40

A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em sessão realizada no início do mês de maio (08), manteve decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) que aprovou plano de recuperação judicial mesmo após ter sido rejeitado por uma das três classes de credores.

16/05/2018 17h03

A rede de academias Smartfit, do Grupo Bio Ritmo, intensificou sua movimentação de fortalecimento no mercado latino-americano. Depois de anunciar a compra da participação societária remanescente para consolidar o controle em seus negócios no México e Colômbia, o conselho de administração da companhia aprovou o aumento de capital das subsidiárias da empresa no Paraguai e no Chile.

16/05/2018 16h15

Dois dias depois de anunciar o fim de suas atividades no Brasil, a loja de cosméticos inglesa Lush comunicou fechamento antecipado de suas lojas físicas e virtuais. Em nota divulgada nesta quarta-feira (16), a empresa informou que os estabelecimentos dos shoppings Iguatemi Campinas, Center Norte, Higienópolis e Morumbi serão fechados imediatamente. A loja localizada no bairro dos Jardins, em São Paulo, permanecerá aberta apenas até o término dos estoques.

16/05/2018 14h36

Aprovado por credores em dezembro passado, o plano de recuperação judicial da Oi ainda enfrenta entraves. A Pharol (antiga Portugal Telecom), acionista majoritária da operadora, apresentou na última sexta-feira (11), em Nova York, uma objeção ao plano na tentativa de barrar sua homologação na Justiça americana. 

16/05/2018 13h21

Na quarta-feira (09), a Presidência da República apresentou à Câmara dos Deputados o projeto de lei com diversas alterações na Lei 11.101/2005, a Lei de Recuperação e Falência (LRF).

11/05/2018 15h42

Leia abaixo os destaques dos fatos relevantes emitidos pelas companhias abertas nesta semana, sob a ótica do direito societário:

11/05/2018 14h01

Na quinta-feira (3), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou a Instrução CVM (ICVM) 598, introduzindo novo marco regulatório para a atividade de analista de valores mobiliários, revogando as ICVM ICVM 483 e ICVM 538 e passando a exigir que pessoas jurídicas que atuam com análise de investimentos se credenciem junto a entidades credenciadoras autorizadas pela autarquia. A partir deste credenciamento, que antes somente era exigido de pessoas físicas, empresas que elaborarem relatórios de investimento terão de se adequar aos códigos de conduta da entidade credenciadora.

04/05/2018 14h56

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.