Aquisições - de 6 a 10 de maio

Confira as principais operações da semana

Por Isabella Miranda e Gabriela Freire Valente - redação@lexisnexis.com.br

10/05

Totvs vende operações de hardware para Elgin
A Totvs S.A. assinou, com sua controlada Bematech S.A um memorando de entendimentos (MoU) vinculante para vender, para a Elgin S.A., das suas operações de hardware desenvolvidas no território brasileiro por meio de sua subsidiária Bematech Hardware Ltda., pelo montante de R$25 milhões.

BlackRock compra eFront
O fundo BlackRock, Inc. concluiu a aquisição da eFront, o fornecedor líder global de software e soluções de gestão de investimento de ponta a ponta. O valor da transação não foi informado.

Occidental Petroleum compra Anadarko
A Occidental Petroleum Corporation assinou hoje um acordo definitivo pelo qual a empresa vai comprar a Anadarko Petroleum Corporation por US$ 59,00 em dinheiro por ação, mais 0,2934 ações da Occidental. A transação foi avaliada em US$ 57 bilhões, incluindo a assunção da dívida da Anadarko.

Dasa compra laboratórios em Itu
A Diagnósticos da América S.A. (Dasa) adquiriu 100% do capital social do Laboratório de Análises Clínicas de Itu (ItuLab), do Laboratório em Análises Clínicas (UNIBIO) e do C.M.D. Campos Medicina Diagnóstica, todos localizados no município de Itu (SP). A aquisição ainda pode ser ratificada pelos acionistas da Dasa em assembleia geral. 

09/05

Siemens cindirá negócio de turbinas a gás
A Siemens anunciou a cisão de seu negócio de turbinas a gás de 30 bilhões de euros. A unidade será alienada aos atuais investidores do negócio.

Governo inclui 57 ativos em programa de privatizações
O governo federal incluiu 57 ativos para venda ou licitação que ficarão sob coordenação do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Segundo informações da agência de notícias Reuters, a lista inclui rodovias, aeroportos, excedentes da cessão onerosa e ações da resseguradora IRB e debêntures da Vale detidas pela União. 

SoftBank quer ampliar participação no Yahoo Japão
O japonês SoftBank investirá cerca de US$ 4 bilhões de dólares para ampliar sua participação acionária no Yahoo Japão e transformar a empresa de internet numa subsidiária. O movimento visa a aumentar seu lucro em 24% ainda em 2019. 

Chevron não fará contraproposta para fusão com Anadarko
A Chevron Corporation anunciou  que não fará uma contraproposta nas negociação para a fusão com a Anadarko Petroleum Corporation. A companhia informou que deixará o prazo de quatro dias dado para a manifestação ser feita expirar e considera que a Anadarko irá encerrar o acordo de fusão. 

Greene Tweed compra portfólio da Lancer Systems
A Greene Tweed, fabricante de conectores elétricos e soluções termoplásticas de vedação, adquiriu o portfólio de produtos de soluções de fibra óptica e a propriedade intelectual relacionada da Lancer Systems. O valor da transação não foi divulgado.

ACI Worldwide compra Speedpay por US$750 milhões
A ACI Worldwide, líder global no mercado de pagamentos eletrônicos em tempo real, anunciou a aquisição da Speedpay, um negócio de pagamentos de contas da Western Union nos Estados Unidos. O valor da transação foi avaliado em US$750 milhões. 

08/05

Hapvida compra Grupo São Francisco por R$ 5 bilhões
O grupo Hapvida comprou a rede hospitalar Grupo São Francisco por R$ 5 bilhões. Segundo informações do Estado de S. Paulo, o negócio é estratégico para a Hapvida avançar na Região Sudeste do País.

Visa compra Earthport e passará a enviar dinheiro através do mundo
A Visa Inc. adquiriu o controle da Earthport, uma empresa que fornece serviços de pagamento transfronteiriços a bancos, prestadores de serviços de transferência de fundos e empresas, através da maior rede ACH independente do mundo. O valor da transação não foi revelado, porém ela possibilitará que os clientes da Visa permitam que indivíduos, empresas e governos utilizem a Visa para enviar e/ou receber dinheiro através de contas bancárias em todo o mundo. Atualmente, a Visa permite que os pagamentos sejam enviados para ou de cartões Visa.

KKR compra MYOB
A empresa global de investimentos KKR comprou a empresa australiana MYOB Group Limited, após as companhias terem celebrado um acordo em 23 de dezembro de 2018, sob o qual a KKR propôs adquirir todas as ações da MYOB que ainda não possuía. Os acionistas da MYOB votaram a favor da proposta em 17 de abril, e a implementação entrou em vigor hoje. Os termos financeiros da transação não foram informados.

Pfizer compra Therachon por US$ 340 milhões
A Pfizer assinou um acordo definitivo para adquirir, por US$ 340 milhões, todas as ações da Therachon Holding AG, uma empresa privada de biotecnologia de estágio clínico focada em doenças raras, com ativos em desenvolvimento para o tratamento da acondroplasia e síndrome do intestino curto (SBS). Caso hajam avanços relacionados ao desenvolvimento e comercialização do TA-46 para o tratamento da acondroplasia, um adicional de US $ 470 milhões será pago adicionalmente.

07/05

Arco Educação vai comprar Sistema Positivo de Ensino por R$ 1,65 bilhão
A Arco Educação assinou acordo vinculante para comprar 100% do capital do Sistema Positivo de Ensino por R$ 1,65 bilhão. Segundo informações do Valor, a conclusão da transação está condicionada à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Orange compra SecureLink por 515 milhões
A Orange celebrou um contrato com a Investcorp para adquirir 100% da SecureLink por cerca de 515 milhões de euros. Com a aquisição, a Orange se torna um dos líderes europeus de segurança cibernética com cerca de 1.800 funcionários, mais de 600 milhões de euros em faturamento em 2018 e posições fortes nos principais mercados locais.

NRC compra Organic Incineration
O NRC Group Holdings Corp. concluiu a aquisição dos ativos e negócios da Organic Incineration Technology, Inc. Com sede em North Pole, Alasca, a OIT oferece opções de tratamento térmico para o descarte seguro de materiais como solos contaminados com petróleo não perigosos, absorventes e lamas, e o tratamento de substâncias Per e Polifluoroalquila. O montante transacionado na operação não foi revelado. 

Niel vende torres móveis para a Cellnex
O magnata francês Xavier Niel fechou um acordo de 2,7 bilhões de euros para vender torres móveis na França, Itália e Suíça para a Cellnex, com o objetivo de reforçar as finanças de seu grupo de telecomunicações Iliad, disse a Reuters.

JOTA levanta R$ 6,8 milhões em rodada de ‘seed capital’
O JOTA, mais conhecido pelo site que cobre o Poder Judiciário e o Congresso, levantou R$ 6,8 milhões numa rodada de ‘seed capital’ liderada pela Astella Investimentos. De acordo com informações do Brazil Journal, o valuation não foi divulgado mas, como é típico em rodadas assim, a transação inclui uma pequena participação minoritária.

06/05

PTI compra 100% de participação na K2-Tower
A Phoenix Tower International (PTI), de propriedade de fundos administrados pelo negócio de Oportunidades Táticas da Blackstone, adquiriu 100% de participação na K2-Tower Sociedade Anônima. A PTI possui e opera torres e outras infraestruturas sem fio e sites relacionados em toda a América Latina e nos Estados Unidos, já a K2 Towers SA opera torres de comunicação sem fio no Brasil. O valor da transação não foi divulgado. 

McCain vai comprar 70% da Sérya
A McCain Foods, maior fabricante de batata frita congelada do mundo, fez acordo para comprar 70% da brasileira Sérya em um acordo que permitirá ao grupo canadense expandir sua presença no país, de acordo com informações do Diário da Indústria e Comércio (DCI).

3xbit compra parte da OriginalMy
O CEO da Exchange 3xbit, Saint Clair Izidoro, informou durante uma palestra que a empresa recentemente adquiriu parte da OriginalMy, startup brasileira focada na tecnologia blockchain. Segundo informações        do Webitcoin, os valores envolvidos na transação não foram revelados.

Bradesco vai comprar BAC Florida por US$ 500 milhões
O Bradesco fechou acordo com os acionistas controladores do BAC Florida Bank para a aquisição do banco norte-americano por aproximadamente US$ 500 milhões, de acordo com fato relevante na segunda-feira.

PayU, braço da Naspers, compra Wibmo
A PayU, provedora de serviços de pagamentos online e braço da Naspers, anunciou a aquisição da Wibmo, que atua em tecnologias para compras móveis. Segundo informações do Tiinside, a compra faz parte da estratégia da empresa de fornecer soluções cada vez mais robustas, combinando seu forte mercado com a liderança em proteção da Wibmo. O valor da transação não foi revelado. 

Acesso restrito. Faça seu login .

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.