Aquisições - de 15 a 19 de abril

Confira as principais operações da semana referentes a Thinkseg, Cura, Cambridge Corp, e outras

Por Isabella Miranda - redação@lexisnexis.com.br

18/04

Thinkseg investe R$ 50 milhões em insurtech
A Thinkseg desembolsou R$ 50 milhões para desenvolver um seguro de automóvel cobrado conforme o uso de cada motorista em modelo Pay-Per-Use, comum no mercado americano e ainda inédito no Brasil. A insurtech – startup de seguro – vai considera a quilometragem rodada e o comportamento do segurado ao volante. O seguro pode ser até 50% mais em conta que o modelo tradicional está previsto para estrear em junho.

Em seu primeiro negócio, Cura fará fusão com Mérya
A rede de medicina diagnóstica Cura deve anunciar em breve sua fusão com a concorrente Mérya. Segundo informações do Panorama Farmacêutico, esse seria o primeiro negócio anunciado pela empresa após o grupo ter 70% de seu capital comprado pela gestora de fundos de private equity Vinci Partners.

Cambridge Bancorp conclui fusão com Optima Bank
A Cambridge Bancorp, controladora da Cambridge Trust Company, concluiu sua fusão com a Optima Bank & Trust Company.

Fábio de Carvalho conclui compra da Abril
O empresário Fábio Carvalho concluiu a compra da Editora Abril, por valor simbólico. Segundo informações do Infomoney, Carvalho deve injetar cerca de R$ 70 milhões na editora, segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo - dinheiro que virá de um empréstimo do banco BTG Pactual.

Native recebe US$ 2,5 milhões em rodada de investimento
A Native, um "marketplace" conforme a demanda, encerrou uma rodada de US$ 2,5 milhões liderada por Lavrock Ventures e com a participação da Riverbend Capital, para incentivar o seu crescimento global. Atualmente, a empresa atua em mais de 30 países, com escritórios em Nova York, Washington DC, Londres e Bogotá, e também trabalha com algumas das maiores empresas do mundo.

 

17/04
Decolar vai comprar Viajes Falabella por US$ 27 milhões
A Despegar.com, que no Brasil atua com o nome Decolar.com, vai comprar a Viajes Falabella, que atua no Chile, Colômbia e Peru. Pertencente a Falabella Financiero, 100% das ações da Viajes Falabella serão transferidos para a Despegar/Decolar, que pagará US$ 27 milhões e ainda poderá usar a marca para crescer na região, de acordo com informações do Panrotas.

Previ vende quase 20% do capital da Paranapanema
A Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) vai vender, para uma subsidiária do Grupo Buritipar, mais de 137 milhões de ações ordinárias de emissão da Paranapanema, representativas de 19,80% do capital social da companhia. A venda ainda deve ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Ser Educacional compra Uninorte por R$ 194,8 milhões
A Ser Educacional comprou 100% o Centro Universitário do Norte (Uninorte) da Sociedade de Desenvolvimento Cultural do Amazonas Ltda. (Sodecam), por preço base de R$ 194,8 milhões. Desse montante, R$ 9,8 milhões deverão ser subtraídos de dívida da Ser

16/04
Randon fará joint venture com Triel-HT
Randon S.A. Implementos e Participações, celebrou contrato de joint venture com a Triel-HT Industrial e Participações S.A., para a criação de uma sociedade em comum, a ser denominada Randon Triel Implementos Rodoviários Ltda. O aporte inicial será de R$ 16,4 milhões cabendo o controle do negócio à Randon, que deterá participação societária correspondente a 51% do capital social. A concretização do negócio depende de condições precedentes como a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Verdemed recebe aporte de US$ 12,7 milhões e deve comprar ativos no Brasil
A Verdemed Holdings, que tem entre seus fundadores executivos e médicos do Brasil e da Colômbia, captou um total de US$ 12,7 milhões que serão usados para financiar suas operações. Segundo informações do Valor, a empresa, que tem sede no Canadá, informou que usará os recursos para concluir a aquisição de ativos estratégicos na Colômbia e no Brasil. 

Hulu compra de volta participação na AT&T
O site de transmissão de vídeos e filmes Hulu comprou de volta da operadora de telecomunicações norte-americana AT&T sua participação na empresa por US$ 1,43 bilhão. Segundo informações do Diário da Indústria e Comércio (DCI), o negócio valoriza o Hulu em US$ 15 bilhões.

Moody’s compra participação majoritária na Vigeo
A Moody’s Corporation adquiriu uma participação majoritária na Vigeo Eiris, empresa líder global em pesquisa, dados e avaliações ambientais, sociais e de governança (ESG). Segundo informações do Infomoney, a aquisição aumenta o objetivo da Moody's de promover padrões globais de ESG para uso dos participantes do mercado.

15/04

Kinea compra fatia em dona da Wise Up por R$ 200 milhões
A gestora de private equity Kinea adquiriu, por R$ 200 milhões, uma fatia minoritária da Wiser Educação, dona da rede de escolas de idiomas Wise Up.

Publicis compra Epsilon por US$ 4,4 bilhões
A Publicis comprou a agência de marketing digital Epsilon da Alliance Data Systems por US$ 4,4 bilhões em dinheiro, em sua maior aquisição já feita até o momento.

Seidor compra B-Improve
A Seidor, multinacional espanhola especializada em serviços e soluções SAP, fechou a aquisição da B-Improve, uma fábrica de software instalada no parque tecnológico da Universidade do Vale do Paraíba, no interior de São Paulo. Segundo informações o Baguete, o valor da transação não foi divulgado.

Lundin Mining compra Mineração Maracá por US$ 800 milhões
A Lundin Mining comprou toda a participação da Yamana Gold na Mineração Maracá, por US$ 800 milhões. 

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.