Pedidos de falência caem no primeiro trimestre de 2019

Dados da Boa Vista indicam recuo de 19,4% em comparação ao ano anterior

Por Gabriela Freire Valente - redação@lexisnexis.com.br

Os pedidos de falência entre as empresas brasileiras caíram 19,4% no primeiro trimestre de 2019, quando comparado com o mesmo período do ano anterior, segundo dados da consultoria Boa Vista. A redução também foi observada nas falências decretadas (-22,5%), pedidos de recuperação judicial (-47,9%) e recuperações judiciais deferidas (-33,1%) em relação ao primeiro trimestre de 2018.

As pequenas empresas são responsáveis por 91,6% dos pedidos de falências e 92,8% dos pedidos de recuperação judicial. Elas também são maioria nas falências e nas recuperações decretadas, com 96,4% e 91,4%, respectivamente.

Na divisão por setor da economia, o setor de serviços foi o que representou o maior percentual nos pedidos de falência (42,3%), seguidos por indústria (30,1%) e comércio (27,5%). A Indústria foi o setor que mais reduziu os pedidos no acumulado em 12 meses, com queda de 29%.

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.