Ibovespa pode chegar em 120 mil pontos até o final do ano, dizem especialistas

Boa fase da bolsa aumenta possibilidade para vender participações

Por Isabella Miranda - redação@lexisnexis.com.br

Após atingir a histórica marca de 100 mil pontos, as expectativas acerca do índica Ibovespa estão crescendo. Segundo informações do Estado de S. Paulo, o mercado financeiro está trabalha com uma estimativa de crescimento próxima aos 120 mil pontos, congregando as principais ações comercializadas no Brasil. De acordo com os analistas que foram ouvidos pelo veículo, o pregão tem potencial para alcançar essa meta até o fim de 2019, desde que a reforma da Previdência seja aprovada. A aposta é que a aprovação ocorra no segundo semestre. Um dos fatores de alta da bolsa é o cenário externo favorável e o saldo positivo do governo, apesar de seus “solavancos”.

Paralelamente, o alto nível do índice aumenta as oportunidades de vendas. A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, que tem R$ 90 bilhões aplicados em renda variável apenas no Plano 1, de benefício definido, deve reduzir, de acordo com informações do Valor, sua concentração nesse segmento. Atualmente ele representa cerca de 50% dos investimentos da empresa, que, devido ao elevado fluxo de pagamento de benefícios, aponta ser um objetivo difícil reaplicar o dinheiro, em meio a ações mais caras e menor atratividade dos títulos de renda fixa. Além da venda de CPFL Renováveis, a Previ também vendeu fatias de participações que tinha em empresas como Banco do Brasil e Petrobras.

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.