Casa Civil avalia dois nomes para o Cade

Governo terá de preencher cinco vagas na autarquia só em 2019

Duas indicações para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) já estão em análise na Casa Civil, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. Os nomes seriam o do economista Leonardo Bandeira Rezende, indicado pela equipe de Paulo Guedes, ministro da Economia, e o do advogado Vinícius Klein, recomendado por Sérgio Moro, titular da pasta da Justiça.

Cinco vagas devem ser abertas no Cade até outubro deste ano e cabe à presidência da República encaminhar os nomes para essas posições ao Senado, que sabatina e aprova as indicações. Segundo o Estadão, o economista Sérgio Aquino, ex-economista-chefe da autarquia é um dos cotados para as outras nomeações. A recondução do atual superintendente-geral, Alexandre Cordeiro, cujo mandato vence em outubro, também estaria em avaliação.

Acesso restrito. Faça seu login .

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.