De olho no mercado - de 11 a 15 de fevereiro

Coluna semanal mapeia os rumores sobre deals, no Brasil e no exterior

Por Isabella Miranda - redação@lexisnexis.com.br
Bloomberg

11/02


Franklin Templeton e Actera podem assumir controle da Abraaj

A gestora de fundos dos EUA, Franklin Templeton, e o private equity turco, Actera, estão entre os participantes das negociações para assumir o controle dos ativos da Abraaj na Turquia depois que as negociações com outros compradores falharam, disseram duas fontes familiarizadas com o acordo à Reuters.

 

Sports Direct desiste de comprar Patisserie Holdings

A Sports Direct, do magnata varejista britânico Mike Ashley, retirou sua oferta de compra da escocesa Patisserie Holdings, proprietária da cadeia de cafés britânica, segundo informações da Reuters.



13/02
Sepac deve vender controle da companhia para estrangeiras

A fabricante paranaense de papel Sepac deve vender o controle da empresa, apurou o Estado de S. Paulo com três fontes a par do assunto. Avaliada em R$ 1 bilhão pelo mercado, a companhia familiar está no radar de grupos estrangeiros, como a americana Kimberly-Clark e a chilena CMPC.

 

Apple pode lançar notícias por assinatura em formato parecido com Netflix

O plano da Apple de criar um serviço de notícias por assinatura está enfrentando forte resistência da parte dos provedores de conteúdo, em razão dos termos financeiros propostos pela gigante da tecnologia, disseram pessoas informadas sobre a situação. Segundo informações da Folha de S. Paulo, o serviço permitiria que usuários lessem conteúdo ilimitado dos provedores de conteúdo participantes, por uma taxa mensal, e deve ser lançado neste ano como parte de uma nova área paga no app Apple News.


14/02

Puma Energy pode vender ativos para reduzir dívida

A Puma Energy, braço de varejo e armazenagem do trader de commodities Trafigura, planeja reestruturar e vender ativos para reduzir sua dívida e melhorar os lucros, disse à Reuters uma fonte familiarizada com o assunto.

Estatais italianas podem aumentar participação na Alitalia
O vice-primeiro-ministro italiano, Luigi Di Maio, disse aos sindicatos que o Tesouro e a Ferrovie dello Stato, operadora estatal de transporte ferroviário, poderiam ter mais de 50% de participação na problemática companhia aérea Alitalia, disseram fontes sindicais à Reuters.

15/02


Credor estatal italiano poderá aumentar participação na Telecom Italia
A diretoria da Cassa Depositi e Prestiti (CDP) deu sua aprovação para o credor estatal italiano aumentar sua participação na Telecom Italia para 10% nos próximos 12 meses, disse uma fonte familiarizada com o assunto para a Reuters.


Bolsas japonesas decidem se fundir

O Japan Exchange Group Inc (JPX), dono da Bolsa de Valores de Tóquio, e a Tokyo Commodity Exchange Inc decidiram se fundir, disseram, para a Reutes, duas fontes com conhecimento direto das negociações na quinta-feira, enquanto o Japão tenta criar uma bolsa all-in-one.

 

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.