M&A no setor de óleo e gás bate recorde em 2018 no Brasil

Mais da metade das operações envolvem estrangeiros

Por Isabella Miranda - redação@lexisnexis.com.br

O levantamento da consultoria KPMG mostra um recorde nas operações de M&A no setor de óleo e gás no Brasil durante 2018. De acordo com informações do Valor, que repercutiu o estudo, foram realizadas 46 transações no ano passado, um aumento de 64% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse é, até o momento, o maior nível registrado na indústria petrolífera desde o início da série da KPMG, em 1998.  A consultoria atribui o resultado, principalmente, aos recentes leilões de áreas exploratórias e à “grande movimentação doméstica” que aconteceu no Brasil neste intervalo. “O mercado espera que esse ritmo seja mantido nos próximos anos com a previsibilidade da agenda de licitações”, diz a KPMG. Cerca de 30 operações, mais da metade das que foram concretizadas no ano, envolveram estrangeiros adquirindo, de brasileiros, uma empresa estabelecida no Brasil. Outras 13 transações foram domésticas e duas trataram-se de uma empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil. Em janeiro, uma pesquisa da DNV GLmostrou que  em nenhum outro país a confiança do setor é tão expressiva quanto a no mercado brasileiro, hoje. O índice de confiança no Brasil saltou de 78% em 2018 para 93% em 2019, enquanto  a média global cresceu de 63% para 76%. 


Acesso restrito. Faça seu login .

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.