Governo avalia emissão de debêntures para setor sucroalcooleiro

Segmento pode arrecadar R$ 16 bilhões

O governo federal estuda autorizar o setor sucroalcooleiro a emitir debêntures para capitalizar a área operacional das usinas. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a estimativa é de que o segmento possa arrecadar R$ 16 bilhões com as emissões.

Uma proposta de portaria sobre a emissão de debêntures operacionais deve estar pronta em 15 dias. Os recursos devem ser destinados à renovação de canaviais diante da estagnação da produtividade das lavouras brasileiras. As companhias do setor já foram autorizadas a captar recursos com títulos de dívidas em 2014 e há a avaliação de que a medida ajudou a ampliar a crise econômica no segmento.

Embora ainda exista o temor de calote, defensores da proposta argumentam que muitas usinas já foram fechadas ou suspenderam temporariamente a moagem no Brasil. A avaliação é que a crise do setor ocorreria com ou sem a emissão de debêntures.

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.