Eletrobras deve lançar concorrência internacional para a construção de Angra 3 no segundo semestre

Presidente da estatal relata tratativas com MME, mas ressalta que modelo de negócio não foi definido

Por Marina Hernanz* - redação@lexisnexis.com.br

A Eletrobras deve lançar no segundo semestre desse ano uma concorrência internacional para conseguir parceiros privados e retomar a construção da usina nuclear de Angra 3, paralisada desde 2015. Segundo a agência de notícias Reuters, os planos foram relatados pelo presidente da estatal, Wilson Ferreira Jr. 

"Nossa expectativa é fazer uma concorrência internacional no segundo semestre. Um parceiro não é somente uma questão financeira, a gente também pode ter nesse parceiro o conhecimento tecnológico, o conhecimento de gestão de uma obra como essa", declarou o executivo, durante um evento promovido pelo Credit Suisse, em São Paulo. Ferreira Jr. afirmou a jornalistas que tem conversado com o Ministério de Minas e Energia (MME) sobre os planos do governo de capitalização da companhia, mas ressaltou que o modelo da operação não foi definido.

*Com supervisão de Gabriela Freire Valente

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.