Aquisições - de 14 a 18 de janeiro

Confira as principais operações da semana referentes a Loggi, Banco Votorantim e Grupo Uol

Por Isabella Miranda e Gabriela Freire Valente - redação@lexisnexis.com.br

18/01

Loggi compra WorldSense
A Loggi comprou a WorldSense, startup liderada por Davi Reis. A operação foi descrita como uma “acqhire”, uma aquisição feita com objetivo de recrutar membros de uma equipe. O valor da transação não foi divulgado.

Banco Votorantim aporta US$ 6 milhões na WEEL
 O Banco Votorantim, a Monashees e a Mindset Ventures anunciaram uma rodada de investimento de US$ 6 milhões na WEEL, plataforma online de antecipação de recebíveis. De acordo com informações do TI Inside, o investimento foi feito após identificação de diversas frentes de sinergia entre as duas companhias. 

Grupo Uol compra BBN
O Banco Brasileiro de Negócios (BBN) teve seu controle seu controle transferido para o grupo UOL, controlador da PagSeguro. Segundo informações do InfoMoney o valor da transação não foi divulgado. 

BMW anuncia aumento de participação em JV com a Brilliance China Automotive Holdings
A BMW anunciou a aprovação de acionistas da montadora chinesa Brilliance China Automotive Holdings, para o aumento da participação da alemã na joint venture (JV) BMW Brilliance Automotive, que tem suas operações China. De acordo com o jornal Valor Econômico, os acionistas da Brilliance China Automotive Holdings detém 50% da joint venture e votaram a favor da venda de 25% de sua participação para a BMW. O acordo também estipula a expansão da produção da fábrica de Shenyang, no norte da China. Em outubro passado, a BMW disse que estava disposta a para 3,6 bilhões de euros para aumentar sua participação para 75% da JV, após autorização do governo chinês de empresas estrangeiras poderem ter posições de controle nas parcerias com o país.

InterCement conclui a venda de seus ativos em Portugal e Cabo Verde para o grupo Oyak
A InterCement, brasileira fabricante de cimento e concreto, controlada pela Mover Participações conclui a venda de seus ativos em Portugal e Cabo Verde para o grupo turco Ordu Yardimlasma Kurumi (Oyak). A Mover é a atual holding do grupo Camargo Corrêa. Foram vendidas três fábricas integradas e duas moagens de cimento em Portugal, além de 46 centrais de concreto, duas unidades de argamassa seca, 17 pedreiras (brita) e um terminal de ensacamento e embarque de cimento, que fica em Cabo Verde. O preço da transação não foi revelado pelas partes, no entanto o jornal Valor Econômico apurou com especialistas do setor e conhecedores desses ativos, que a operação ficou em torno de US$ 800 milhões, equivalente a R$ 2,9 bilhões pelo câmbio da época do anúncio.

Após liberação na Justiça, presidente da Engie quer fechar compra da TAG por US$ 9 bilhões
O presidente da Engie no Brasil, Maurício Bähr, anunciou que pretende fechar a compra da subsidiária da Petrobras, a Transportadora Associada de Gás (TAG), por preço estimado em US$ 9 bilhões. O processo de desinvestimento da TAG estava suspenso por decisão da 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, mas a decisão foi revertida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).  As informações são do jornal Valor Econômico.  

 

17/01

Criadora do Pokemon Go recebe aporte de US$ 245 milhões
A Niantic, criadora do Pokemon Go, informou que arrecadou US $ 245 milhões em uma nova rodada de financiamento, elevando sua avaliação para quase US $ 4 bilhões. As informações são da agência de notícias Reuters.

CGN Energy compra parques eólicos no nordeste
A companhia chinesa CGN Energy comprou três parques de energia renovável no Brasil da italiana Enel, localizadas nos estados de Piauí e Bahia, as usinas foram adquiridas, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, por cerca de R$ 2,9 bilhões.

Terra Drone e Plimsoll formam joint venture
A Terra Drone e a Plimsoll UAV anunciam a criação da joint venture Terra Drone Brazil. A Plimsoll UAV teve 50% das suas ações adquiridas pela Terra Drone. O valor da transação não foi divulgado.

CSN vende créditos para Banco Fibra
A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) vendeu R$ 60,7 milhões em créditos oriundos de transações comerciais ao Banco Fibra. Ambos são controlados pelo Grupo Vicunha.

Tradecorp adquire Microquimica
A Tradecorp, empresa do grupo Sapec Agro Business, adquiriu a empresa brasileira Microquimica, que comercializa produtos agrícolas especializados, com foco em fertilizantes foliares, bioestimulantes, adjuvantes e inoculantes microbiológicos. As informações são do Agroportal

16/01

GM Security Technologies adquire 1st Secure IT para atuar em novos países
A GM Security Technologies, líder em soluções e serviços de segurança cibernética, governança e conformidade voltados para a gestão de risco digital, anunciou em comunicado a aquisição da 1st Secure IT, empresa especializada em auditorias, certificações de segurança da informação e prevenção de fraudes. A aquisição acelera a expansão da GM Security Technologies para novos mercados que já são atendidos pela 1st Secure IT, como Argentina, Austrália, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, México, Uruguai e Espanha.

Siemens e Alstom avaliam adicionais de pacote de venda de ativos
Buscando salvar seu acordo ferroviário, a Siemens e a Alstom estão avaliando adicionais para um pacote de ativos à venda, como um último esforço para obter aprovação antitruste da Comissão Européia, informa a Bloomberg. As novas ofertas dos fornecedores de equipamentos de trem da Alemanha e da França incluem possíveis extensões de contrato e patentes.

Marriott International conclui unificação de bandeira com o grupo Starwood
A Marriott International, grupo americano de hotelaria com 6,5 mil hotéis em 129 países, lançou um novo programa de fidelidade, a última etapa no processo de unificação das plataformas de fidelidade Marriott Rewards, The Ritz-Carlton Rewards e Starwood Preferred Guest (SPG). De acordo com o jornal Valor Econômico, a Marriott adquiriu o grupo Starwood em 2016 por US$ 13,6 bilhões e desde então trabalham no processo de unificação das bandeiras.

Infor anuncia recebimento de US$ 1,5 bilhão de acionistas da KED e Golden Gate Capital
A Infor anunciou um acordo para receber um investimento de US$ 1,5 bilhão dos acionistas da Koch Equity Development, LLC (KED) e da Golden Gate Capital. O aporte fortalece o investimento da KED de mais de US$ 2 bilhões, realizado no começo de 2017, e representa um marco importante para a companhia, que considera um potencial IPO em 2019 ou 2020, de acordo com o portal Tiinside.

15/01

Contabilizei recebe aporte de R$ 75 milhões
A Contabilizei recebeu aporte de R$ 75 milhões numa rodada de investimentos liderada pelo fundo norte-americano Point 72, que entra pela primeira vez no Brasil. Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, o investimento também teve participação da International Finance Corporation (IFC) do Banco Mundial, o Quona e o Fintech Colletiveh. A Contabilizei, especializada em contabilidade para micro e pequenas empresas, foi fundada em 2014 e sua sede é em Curitiba, no Paraná. 

14/01

Investindustrial compra Jacuzzi e outras marcas de bem-estar
A empresa italiana de investimentos privados Investindustrial comprou a fabricante de banheiras de hidromassagem Jacuzzi e outras marcas de produtos de spa e bem-estar de outros fundos de investimentos, incluindo a Apollo, Ares e Clearlake. Segundo informações da revista Istoé, o acordo deve ser encerrado até o final de março. O valor da operação não foi revelado.

Driftwood compra hotéis no sul dos EUA
A Driftwood Acquisitions & Development comprou três hotéis da rede Marriott International: Fairfield Inn & Suites Atlanta Buckhead, Fairfield Inn Atlanta Perimeter Center e Fairfield Inn & Suites Alpharetta, todos localizados em Atlanta, capital da Geórgia nos Estados Unidos. De acordo com informações do Brasilturis, o valor da transação não foi divulgado.

Stefanini compra legaltech Intelligenti
A desenvolvedora de softwares brasileira Stefanini adquiriu a legaltech Intelligenti, que oferece soluções direcionadas para a gestão de ações judiciais, cíveis, trabalhistas, tributárias e administrativas, além de geração e gestão de contratos. O valor da transação não foi divulgado.

Newmont Mining compra Goldcorp para criar maior mineradora de ouro do mundo

A americana Newmont Mining anunciou a aquisição da concorrente canadense Goldcorp em uma transação avaliada em US$ 10 bilhões. O negócio criará a maior mineradora de ouro do mundo em volume de produção. A união das duas criará uma companhia capaz de produzir 6 a 7 milhões de onças de ouro (170 a 198 toneladas) nos próximos 10 anos, segundo informações da agência de notícias Reuters. 

PPG vai comprar Whitford
A americana PPG chegou a um acordo para adquirir a Whitford Worldwide Company, fabricante mundial de revestimentos antiaderentes e de baixo atrito. A transação deve ser concluída no primeiro trimestre de 2019, sujeita às condições habituais de fechamento. Os valores envolvidos na operação não foram divulgados.

L’Occitane compra Elemis por US$ 900 milhões
A fabricante de cosméticos L'Occitane International firmou um acordo para comprar a marca de produtos de beleza e cuidados com a pele Elemis por cerca de US$ 900 milhões. De acordo com informações do jornal Valor Econômico, a aquisição faz  parte da estratégia de aumentar presença no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Vtex compra americana UniteU
A empresa brasileira Vtex, uma das principais fornecedoras de sistemas para lojas virtuais no país, fechou a compra da americana UniteU. Segundo o jornal Valor Econômico, a Vtex  vai dobrar o número de clientes para mais de 100 e quadruplicar seu time nos Estados Unidos, agora com 24 pessoas. O valor da operação não foi divulgado.

Acesso restrito. Faça seu login ou cadastre-se agora.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.