Análise de dados na auditoria de cultura de compliance

Autores: Renato Brito Anaia, diretor da área de Forensic, e Antonio Carlos Hencsey, gerente de Compliance e Inteligência Empresarial, ambos da ICTS Protiviti

ATUALIZADO

Uma vez coletadas, as informações devem ser avaliadas de forma crítica a fim de possibilitar a compreensão de todos os elementos. A identificação de resistências, desconhecimentos, incompreensão ou qualquer outro elemento que interfira diretamente no comportamento desejado deve ser mapeada de maneira eficaz para que o tratamento dessas questões possa ser direcionado da forma correta.

A qualidade na análise dos dados é um dos pontos principais do processo de auditoria de cultura de compliance.

Veja também a Nota Prática Coleta de dados na auditoria de cultura de compliance.

Interpretação dos dados

O profissional que realizará a interpretação dos dados deve primeiro dividi-los por temas avaliados e posteriormente pelos fatores de influência, que incluem cultura empresarial, conhecimento, crenças, comportamentos, pressões laborais e colaboração. Inicialmente é importante que a leitura dos dados seja feita de forma segmentada para que o avaliador obtenha macrovisões do cenário observado.

Uma vez obtida essa percepção, inicia-se o cruzamento de informações para tornar possível um aprofundamento da percepção da cultura de compliance. Na prática, por exemplo, se torna possível, em um primeiro momento, a identificação da resistência significativa de um grupo diante de situações de denúncia indicando que possivelmente situações antiéticas não seriam reportadas por colaboradores do departamento ou área. Ao cruzar com outros elementos, a incoerência entre cultura e prática empresarial ou a não compreensão do que deve ser denunciado podem ser definidos como geradores ou potencializadores da resistência, dando um caminho para o tratamento da fragilidade encontrada.

A avaliação do grau de colaboração apresentado é elemento fundamental para o entendimento correto do cenário exibido. Quando manifestada de forma minimizada, pode indicar significativo descontentamento, desmotivação ou descrença nas ações da empresa, fatores que certamente impactarão na adesão dos colaboradores à política de compliance.

Todas as informações obtidas devem ser analisadas e interligadas entre si para que o real cenário possa ser identificado. Nesse momento não é raro identificar diferentes características ou graus de aderência entre distintos níveis hierárquicos ou entre mesmas funções em diferentes plantas da empresa. É importante ter em mente que as relações humanas e o impacto das interações sociais têm forte influência no comportamento e crenças. Por essa razão o avaliador deve saber que um diagnóstico pouco desejado diante de um elemento analisado pode ter múltiplas e distintas causas tendo, portanto, diferentes tratamentos.

Alguns tipos de fragilidades, quando encontradas de forma isolada ou com influência intensa, podem ter um viés de tratamento menos complexo que outros. A falta de conhecimento, por exemplo, quando identificada em um ambiente em que a crença, o comportamento e a colaboração estão preservados, tem um prognóstico bastante promissor a curto prazo. Isso porque conscientizar profissionais que desejam preservar os valores da empresa é um processo relativamente simples, desde que feito da forma correta. Por outro lado, prejuízos na crença ou receios profundamente enraizados podem demandar ações bem mais complexas, muitas vezes envolvendo diversas esferas corporativas.

Veja também a Nota Prática Fatores que influenciam no cumprimento das regras empresariais.

Análise de convergência

A análise de convergência, processo final dessa etapa da auditoria de cultura, se dará no cruzamento do nível de aderência da estratificação de profissionais, por nível hierárquico, com o grau máximo de comprometimento com as normas empresariais.

Importante lembrar que não há meio compliance na organização. Ou as regras e leis são seguidas ou não são, e, portanto, é o plano ideal que deve ser perseguido. Assim, quanto mais distante o resultado encontrado estiver do desejado, mais exposta a riscos decorrentes do não cumprimento das diretrizes encontra-se a empresa. Esse ponto impactará diretamente os planos de ação que devem ser trabalhados.

Veja a seguir a Nota Prática Plano de desenvolvimento de cultura de compliance.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Lexis 360

Cadastre-se gratuitamente

para ter acesso por 7 dias

ou

Cadastre-se gratuitamente e tenha acesso ao Lexis 360

Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.